Contato

comercial@geoideambiental.com.br | deptotec@geoideambiental.com.br      (32) 8424-9975 | (32) 8436-0709

CAR

Notícias

Tocantins recebe Fórum Regional de Educação Ambiental

Postado por Wagner Sem categoria

Com o tema “Interatividade Socioambiental na Bacia do Pomba”, a Comissão Interinstitucional de Educação Ambiental da Zona da Mata - CIEA MG – ZM realizou o décimo quinto Fórum Regional de Educação Ambiental – ForEA, entre os dias 17 e 19 de junho. O evento reuniu cerca de 500 participantes no município de Tocantins. 

O objetivo do Fórum é promover o envolvimento da sociedade por meio da educação ambiental, na busca de resultados, a partir do planejamento e efetivação de ações sobre temas relacionados aos problemas ambientais locais. Durante o Fórum, são discutidas e planejadas as demandas locais, destacando a potencialidades de cada região. 

A abertura do evento contou com a participação de autoridades locais, professores e alunos das escolas públicas do município de Tocantins, que programaram apresentações artísticas em homenagem ao meio ambiente. Na parte da tarde, os participantes tiveram a oportunidade de participar de duas palestras, uma sobre água e outra sobre resíduos sólidos urbanos.

Representando o Sistema Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos – Sisema, o Superintendente Regional da Zona da Mata, Alberto Felix Iasbik, falou da necessidade das pequenas atitudes, “a educação ambiental começa em casa e nas escolas. A melhoria da qualidade ambiental só poderá ser efetivada com a participação de todos”, explicou. 

O prefeito do município, Antônio Carlos Dias, ressaltou que “pensar e debater educação ambiental é fundamental para a melhoria da qualidade de vida na cidade e isso depende do envolvimento de todos”. Segundo Dias, este é um momento que entra para a história de Tocantins. 

“A educação é a chave para mudanças, o ForEA existe porque discutir meio ambiente e propor melhorias, além de implantá-las, é um dever de todos”, afirmou a presidente da CIEA ZM, Betty Giovannoni Oliveira. Sendo Betty, o início do processo de mudança será a partir de sexta-feira (19), quando serão definidas as metas e propostas para a região, com base nas discussões do Fórum. 

O público do FerEA é formado por gestores ambientais municipais, representantes do poder público, sociedade civil organizada e empresas, sendo que as vagas são destinadas da seguinte forma: 70% para o setor formal de educação e 30% aos demais participantes.